O que dizem de nós

Aldemário Araújo Castro – Procurador da Fazenda Nacional, Ex-Corregedor-Geral da Advocacia da União:

Este site é o desdobramento de um trabalho exitoso realizado pela comissão de aprovados no concurso para o cargo de Procurador da Fazenda Nacional realizado no ano de 2008. Com efeito, durante cerca de dois anos, sob a firme e decidida liderança do Dr. Paulo Renato Nardelli, junto a uma quase interminável lista de autoridades do Legislativo e do Executivo, além de entidades classistas, a exemplo do SINPROFAZ, do Fórum da Advocacia Pública Federal e da OAB, buscou-se a nomeação de todos os aprovados no certame de ingresso na Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional (PGFN).

As ações desenvolvidas por aquele grupo de advogados, hoje Procuradores da Fazenda Nacional, foram marcadas pela criatividade, arrojo e sensibilidade política. Um singelo dado é bastante emblemático. O último colocado da lista dos aprovados no concurso para Procurador da Fazenda Nacional foi colocado como membro da comissão que perseguia a nomeação de todos.

Este site e a energia de seus idealizadores servem de exemplo para a Advocacia Pública Federal (seus órgãos e os integrantes de suas carreiras). Afinal, não restam dúvidas, será penoso e longo o caminho da afirmação institucional plena da Advocacia Pública Federal rumo à prestação de mais e melhores serviços à sociedade brasileira pelo conjunto de seus integrantes munidos das garantias, prerrogativas, condições materiais e remuneratórias adequadas.

Brasília, 2 de fevereiro de 2011.

Aldemário Araujo Castro

Evandro Pertence – Sócio da Sociedade de Advogados Sepúlveda Pertence:<
Até então amigo e irmão de amigos, conheci verdadeiramente Paulo Renato Nardelli quando fomos procurados, eu e meu sócio Wagner Rossi, para defender um grupo de aprovados no último concurso da Procuradoria da Fazenda Nacional que ele representava e que tinha ameaçada a sua posse.

Seu engajamento à frente daquele grupo, lutador incansável que foi, conquistou a minha admiração e facilitou em muito a nossa atuação; exitosa, ao final, com a nomeação de todos os aprovados.

Quase um compulsivo naquilo que acredita, Paulo Renato tornou conhecido o pleito daquele grupo em praticamente todos os ouvidos da República, fosse no Executivo, no Legislativo, ou no Judiciário. A própria Ordem dos Advogados do Brasil aderiu à demanda, graças ao esforço dele e do seu grupo.

Ali conheci um guerreiro, já não mais o irmão e amigo dos amigos, mas agora o meu também.

Companheiro das boas lutas, por seu envolvimento na defesa do interesse público e, mais particularmente, na da advocacia, Paulo Renato acabou por formar frente comigo nas últimas eleições da OAB, onde, orgulhosa e convictamente, fizemos parte da mesma chapa. Infelizmente, pra nós e para a classe, embora por pequena diferença de votos, não nos sagramos vencedores.

Não me surpreende que isso não o tenha abatido e que a promessa de liderança daqueles tempos tenha se efetivado, incansável, vigoroso e integro, no atual Procurador da Fazenda Nacional que, muito além de suas funções institucionais, segue brigando pelo que acredita e sendo referencia para mim e para a classe.

É com grande alegria que vejo o surgimento desse site voltado às discussões da Advocacia Pública.

Me alegro mais ainda ao ver que em sua coordenação o site tem, também, o Dr. Rafael de Vasconcellos, de quem sempre tive as melhores referências e que, não bastasse isso, faz feliz uma ex-estagiária muito querida, sua mulher.

Contem com minha torcida e tenham muito sucesso!

Grande abraço,

Evandro Pertence

Depoimento do Dr. Sérgio Rodrigues, Procurador da Fazenda Nacional, Assessor Especial do Advogado-Geral da União, José Antônio Dias Toffoli (2007-2010):

 As vezes creio ser importante o reconhecimento público do trabalho “pro bonno” desenvolvido em prol de toda a carreira e da instituição PGFN.

Sou testemunha ocular do incansável trabalho desse nosso “novo” colega, o Paulo Nardelli, o qual já se comportava como um autêntico PFN muito antes de sua nomeação.

Acompanho as investidas do Paulo há mais de 2 anos, quando ele ainda lutava pela posse dos colegas do último concurso junto ao governo. Mesmo com todas as barreiras que foram sendo colocadas em seu caminho ele nunca desistiu e, ao final, acabou se mostrando um grande vencedor.

Nesse período não houve evento público em Brasília de interesse da advocacia pública, e as vezes mesmo em outros eventos político, em que o Paulo não estivesse presente, sendo que desde essa época já demonstrava um espírito corporativo evidente, com um grande interesse em nossos assuntos institucionais e participação muito mais efetiva do que a maioria de todos os demais colegas já PFN’s àquela época.

Fico feliz em saber que estão surgindo novas lideranças com grande visão institucional e, ainda, sem os velhos vícios políticos que vão tomando conta de nossas “velhas” representações, dentre as quais eu me incluo..

Seja bem vindo Paulo e parabéns pelo belo trabalho e pela sua postura pró-ativa enquanto PFN.

Continue assim, sem vaidades e com muita disposição…

Você com certeza terá uma grande participação em nossas conquistas futuras. A carreira, a nossa representação político-sindical e a instituição PGFN precisará e muito de seu profícuo trabalho e conhecimento do funcionamento da esfera política em Brasília.

Abraços,

Sérgio Rodrigues